Por quê “Histórias desde o manto”?

Este blogue acompanha ao projecto CASUABIOTA. Chamei-no "Histórias desde o manto" porque muito do trabalho a realizar no projecto tem lugar sobre materiais do manto terrestre. Por lembrar à gente, a estrutura interna do nosso planeta organiza-se em várias camadas: crosta ou códia, manto e núcleo. Esse manto é umha camada que vai dos 40... Continue Reading →

O dia do Solo Vivo

O ano 2015 foi declarado pola ONU o Ano Mundial do Solo. Desde aquele ano, o 5 de Dezembro celebramos o Dia Mundial do Solo. O objectivo desta celebraçom é lembrar que as sociedades humanas e os ecossistemas dependem do solo e que, mália esta dependência, as acçons humanas estám a provocar umha perda maciça... Continue Reading →

As mil caras do solo

A semana do 22 a 26 de novembro de 2021 participei no evento europeio Science Is Wonderful. Durante o mesmo, tive a possibilidade de interagir com estudantes de escolas e licéus da Galiza, de Portugal e de Espanha. Falamos muito sobre o solo, o quê é, como se forma, os seres que ali moram e... Continue Reading →

#FrankiaFriday

As bactérias som organismos microscópicos que colonizam todos os lugares na Terra. Na vida diária, é común falar de bactérias como sinónimo de enfermidade, seja de animais (humanos ou nom) ou plantas. Porém, as bactérias também estabelecem relaçons beneficiosas para elas e para os organismos que elas colonizam. Estas relaçons de benefício mútuo chamam-se simbioses.... Continue Reading →

De árvores, aves e fentos

No projeto CASUABIOTA estou interessado em três espécies de árvores: Ceuthostoma terminale, Gymnostoma nobile e Gymnostoma sumatranum. Estas três espécies pertencem à família botânica das Casuarináceas. Até os anos 80 considerava-se que a família estava composta só polo género Casuarina. Segundo conta o botânico Ib Friis a apresentaçom das Casuarina à ciência (quando menos à... Continue Reading →

O projeto CASUABIOTA

CASUABIOTA é o acrónimo do projeto titulado "Exploraçom da biota do solo associada a árvores Casuarináceas de áreas ultramáficas tropicais". Este título inclui muitas palavras que nom adoitam estar na conversa diária, e que irei debulhando nos vindeiros três anos: Biota do solo: o conjunto de seres vivos (macro e micro-organismos) que habitam o solo... Continue Reading →

O programa MSCA

O projeto CASUABIOTA é um projeto financiado pola convocatória 2019 do programa Marie Sklodowska-Curie da Comissom Europeia. Logo do programa MSCA O programa MSCA promove a excelência na investigaçom na UE, através da contrataçom de pessoal investigador com experiência para o desenvolvimento de projetos individuais de 12 a 36 meses de duraçom. Além de objetivos... Continue Reading →

Quem sou

Sou o Tino Quintela. Sou pai de 3, sou Doutor pola Universidade de Santiago de Compostela e intento investigar sobre plantas que crescem em solos ricos em metais. Atualmente trabalho como investigador Marie Sklodowska-Curie na Universidade de Vigo. Se queres saber mais sobre o meu perfil científico, bota um olho nalgumha destas ligaçons: OrcIdResearchGatePublons

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

Create your website with WordPress.com
Iniciar